domingo, 18 de fevereiro de 2018

Mulher de Riachão do Jacuípe dá à luz a quadrigêmios


A dona de casa Eliomara Gomes, de 31 anos, que reside na cidade de Riachão do Jacuípe, na Bacia do Jacuípe a 186 km de Salvador, deu à luz quadrigêmeos na Maternidade José Maria de Magalhães Neto, que fica no bairro de Pau Miúdo, em Salvador.

De acordo com informações, mãe e filhos (3 meninas e 1 menino), que nasceram saudáveis, passam bem.

As meninas serão registradas com os nomes de Maria Eduarda, Maria Elisa e Maria Helena, enquanto o menino vai se chamar Elias Gomes.

Eles nasceram no dia 28 de janeiro deste ano, mas somente agora a informação foi divulgada.

Para colaborar com a mãe, a avó e sogra de Eliomara, D. Margarida Carvalho, feliz, acompanha mãe e bebês 24h por dia desde o parto.

Fonte: Tudo News

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

MPE instaura Inquérito Civil para apurar suposta malversação de recursos públicos em Serra Preta

Está publicado desde ontem no Diário Oficial. A 21ª Promotoria de Justiça de Feira de Santana instaurou Inquérito Civil, datado de 18 de janeiro de 2018, para investigar a Prefeitura Municipal de Serra Preta por suposta malversação de recursos públicos, associada à realização de eventos festivos durante situação de emergência proveniente de seca prolongada. É prefeito de Serra Preta atualmente Rogério Serafim Vieira de Sousa (Podemos), também conhecido como Aldinho. Com a palavra a Prefeitura de Serra Preta.

FONTE: Bahia na Política - Jair Onofre.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Recadastramento biométrico será obrigatório para Serra Preta apenas em 2020

Foto: Divulgação. 

Nos últimos meses recebemos diversas reclamações sobre as longas filas no cartório eleitoral de Serra Preta, onde dezenas de pessoas passam a noite na fila aguardando atendimento para realizar o cadastramento biométrico. O que muitos não sabem, é que o recadastramento não é obrigatório para o município de Serra Preta até 31 de Janeiro de 2018, mas sim, em 2020. 

Confira a relação dos municípios onde o recadastramento é obrigatoria até o dia 31 de Janeiro de 2018: 

Para fazer o recadastramento, o eleitor precisa apresentar a original de um documento oficial com foto (RG, CNH, carteira profissional e/ou passaporte), além de um comprovante de residência recente (três meses) em nome do solicitante ou de parente (com comprovação de parentesco).

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Polícia registra mais um assassinato em Serra Preta

Foto: Central de Polícia.

Um jovem foi encontrado morto na manhã de ontem (14) no distrito do Bravo, em uma estrada vicinal no município de Serra Preta. Adeilson Lopes da silva, que tinha 20 anos, apresentava perfurações de disparos de arma de fogo na cabeça e outras partes do corpo.

O delegado Allison Carvalho presidiu o levantamento cadavérico, e autorizou a remoção do corpo para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Foto: Central de Polícia.

Fonte: Central de Polícia 

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Jovem de 21 anos é morto a tiros no distrito de Bravo




Victor Lima Ribeiro, 21 anos, foi assassinado com disparos de arma de fogo, por volta das 17hs de ontem (12), no distrito do Bravo, município de Serra Preta.

Segundo informações colhidas pela polícia, o jovem encontrava-se no bairro Novo Bravo trabalhando como pedreiro, no interior de uma residência, quando foi surpreendido por dois homens, que chegaram encapuzados e efetuaram os disparos que atingiram o braço, cabeça e tórax. Os assassinos fugiram em um veículo de cor branca, tomando destino ignorado.

A vítima ainda foi socorrida até uma unidade hospitalar, mas não resistiu. Uma guarnição da 57ª Companhia Independente (CIPM), executou rondas, mas não conseguiu localizar os atiradores.

O delegado Allison Carvalho presidiu o levantamento cadavérico, e autorizou a remoção do corpo para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.


Fonte: Polícia é Viola

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Em menos de 48 horas, três comércios foram arrombados no distrito de Bravo

Foto: Divulgação.

O clima de medo e insegurança tomou conta do município de Serra Preta, em especial, no distrito de Bravo, maior centro urbano e comercial do município, onde apenas neste ano já foram dez comércios arrombados durante a madrugada. E no fim de semana, a malandragem aproveitou as chuvas e falta de anergia para agir novamente, arrombado mais três comércios (Gás Figueiredo, Potência Gás e Supermercado Prolar) em menos de 48 horas.

Em contato com o prefeito Aldinho, ele nos informou que a prefeitura está montando estratégias de segurança na sede e nos distritos de Bravo e Ponto, onde serão instaladas câmeras de segurança já no início do janeiro, além de buscar soluções junto ao Comando da Polícia Militar e governo do estado. Aldinho ainda informou que a violência diminuiu consideravelmente no município, onde foi registrado apenas um homicídio neste ano.

A câmara de vereadores marcou uma sessão especial na próxima sexta-feira, 15, onde serão discutidos ações de segurança que possam combater a criminalidade no município. Segundo a assessoria de imprensa da câmara, foram convidados o comando da Polícia Militar, o prefeito, representantes de associações comunitárias e a sociedade em geral.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Sem acesso a informação, serrapretenses dormem na fila para cadastrar a biometria

FOTO: Alexsandro Matos. 
O recadastramento biométrico para Zona Eleitoral 194 que compreende as cidades de Serra Preta e Anguera não é obrigatório até as eleições de 2018. Mas ainda assim milhares de Serrapretenses tem dormido na fila do cartório eleitoral que fica no Fórum Eloy Marques no distrito do Ponto de Serra Preta.

De acordo com o morador do município de Serra Preta Alexsandro Matos, na terça-feira 9 de novembro ele presenciou uma fila gigantesca com eleitores em busca da biometria.

“Os eleitores estão chegando as 23h do dia anterior, já outros voltam sem atendimento por não conseguir a senha. Muitos estão procurando por conta de informações desencontradas onde irá cortar os benefícios de Bolsa Família ou aposentadoria, o que não é verdade. O cadastro biométrico faz parte da revisão eleitoral onde o TRE está realizando para manter maior transparência no processo eleitoral. Falta uma divulgação mais clara do TRE para que as pessoas não passem por desgastes desnecessário nas cidades onde não é obrigatório no momento, que é o caso de Serra Preta,” afirmou Alexsandro em uma publicação no seu perfil do Facebook.

FOTO: Alexsandro Matos. 
Sobre que é biometria:

A biometria é uma tecnologia que vem sendo adotada pela Justiça Eleitoral desde 2008, para dar mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. Por isso, alguns cartórios eleitorais estão realizando recadastramento biométrico, para coleta de digitais, assinatura e foto do eleitor. Daí o nome “biometria” - porque serão coletados e armazenados dados físicos do eleitor.

Quem deve fazer o recadastramento biométrico:

Tratando-se de biometria extraordinária, que implica na revisão do eleitorado, todos os eleitores do município onde está ocorrendo o recadastramento são obrigados a comparecer, inclusive aqueles que têm o voto facultativo (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos). Quanto à biometria ordinária, como não há convocação do eleitorado, é obrigatória apenas para os interessados que comparecem ao cartório ou unidade de atendimento, a fim de solicitar a primeira ou segunda via do título de eleitor, alterar dados cadastrais ou solicitar transferência, inclusive aqueles que têm o voto facultativo (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos).

O que acontece com o eleitor que não realizar o recadastramento biométrico:

Na biometria extraordinária, quem não se recadastrar até o fim do prazo anunciado pela zona eleitoral terá o título eleitoral cancelado e não poderá votar nas eleições seguintes. Na biometria ordinária, não haverá cancelamento do título dos eleitores que não comparecerem ao cartório ou unidade de atendimento.

Informações por: BR14